• Rua Sete de Abril, 342, 11º andar / São Paulo - SP / Centro (Metrô República)

    Fixo (11) 3255-8649 / Vivo (11) 99525-0146 / Oi (11) 96053-9022 / Tim (11) 96079-9908 / Claro (11) 97619-9792

    Advogado trabalhista - Atendimento de segunda a sexta das 8h às 19h

    Meu salário está atrasado, o que fazer?




    O atraso no pagamento de salários possibilita a rescisão indireta do contrato de trabalho por culpa do empregador. O empregado pode parar de comparecer ao serviço e entrar com uma ação trabalhista com base no artigo 483, "d" da CLT.

    Normalmente o atraso salarial vem acompanhado da falta de recolhimento de INSS e do FGTS.

    O autor da reclamação tem direito à indenização prevista no artigo 483, alínea “d”, da CLT, que garante a rescisão indireta quando o empregador não cumprir as obrigações do contrato.

    Não é necessário que o atraso se dê por três meses para que se justifique rescisão indireta do contrato de trabalho, pois o prazo estabelecido pelo Decreto-Lei 368/68 repercute apenas na esfera fiscal, o período de três meses é considerado extremamente longo diante da natureza alimentar do salário.

    Não é viável que um empregado tenha que aguardar pacificamente 90 dias sem receber qualquer valor da empresa. O inadimplemento das obrigações contratuais justifica o fim do contrato por ato culposo do empregador, uma espécie de justa causa da empresa.

    Saiba mais sobre a rescisão indireta do contrato de trabalho clicando AQUI.




     

    Pesquisar assunto

    Carregando...

    Google +

    Total de visualizações de página